Umburanas

17 de maio de 2018

Declaração de faturamento atrai empreendedores à Semana do MEI

Com prazo de entrega obrigatória até o dia 31 de maio, assunto gera dúvidas; capacitação também abordou Refis para micro e pequenos negócios

Salvador - Envolvido com o dia a dia do negócio, muitas vezes o microempreendedor individual (MEI) esquece de uma importante responsabilidade: a entrega da Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (DASN-Simei). Com prazo de entrega obrigatória até o dia 31 de maio, o tema atraiu empreendedores que formaram até mesmo uma fila de espera para tirar dúvidas na oficina “Declaração Anual de Faturamento / Parcelamento de dívidas: Entenda as regras e conheça as vantagens”, na manhã desta quarta-feira, dia 16, na Semana do MEI. Realizado pelo Sebrae, o evento acontece no Shopping da Bahia e tem capacitações e atendimento gratuitos até sábado (19).

Formalizado como MEI há dois anos, Valmir Santos, que trabalha com serviços de refrigeração, aproveitou a capacitação para esclarecer informações erradas que havia recebido sobre a declaração. “Alguns amigos diziam que não precisava fazer”, contou. Com a entrega da declaração do ano passado atrasada, ele teve problemas para conseguir emitir o boleto de contribuição mensal do MEI (DAS) e decidiu procurar a oficina. Com todas as informações em mãos após a capacitação, ele aproveitou para seguir para a área de atendimento do evento, para regularizar a sua situação.

Com duração total de quatro horas, a oficina foi dividida em dois momentos: o primeiro, para esclarecer o passo a passo da declaração e a importância de estar em dia com essa obrigação; e, o segundo, para orientar os empreendedores que têm débitos e podem recorrer ao programa de refinanciamento de dívidas tributárias (Refis), até o dia 9 de julho. “Quem já está em dia com todas as suas obrigações, pode aproveitar o atendimento do Centro do Empreendedor Municipal (CEM), aqui no evento, para isso”, explicou o técnico do Sebrae Bahia, Wagner Santos, que ainda falous sobre a opção do Refis para os participantes.

Mas nem só empreendedores que estão com declarações pendentes procuraram a oficina. O professor Alan Soares, que já participou de diversas capacitações desde o início do evento, na segunda-feira (14), ainda não se formalizou como MEI, mas estava atento às informações para poder dar este passo de forma planejada. “Já quero saber quais são os benefícios fiscais do MEI”, contou.

Sobre a Semana do MEI

Com foco em inovação e finanças, a 9ª edição da Semana do Microempreendedor acontece de 14 a 19 de maio, com mais de 16 mil vagas de capacitação gratuitas em 107 municípios baianos. Em Salvador, há capacitações ofertadas nos três turnos: manhã, tarde e noite. A programação completa e as inscrições estão disponíveis em www.semanadomei.com.br.

A programação da capital inclui mais de 6,5 mil vagas, em cerca de cem capacitações sobre temas diversos, como vendas, marketing, planejamento, acesso a crédito e oportunidades de negócios. Entre os destaques da edição deste ano, estão os seminários Papo de Negócios, com uma edição e especialistas a cada noite, e a parceria inédita com o Senac, que leva ao evento 30 oficinas sobre gestão, gastronomia e beleza.

A Semana do MEI conta com a parceria do Senac, Previdência Social, Shopping da Bahia, Fecomércio-BA, Procon, CDL Salvador, Prefeitura de Salvador, CEM – Centro do Empreendedor Municipal, SAC Empresarial e Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Governo da Bahia, além do patrocínio da Caixa Econômica.

Crédito da foto: Soraia Carvalho/ASN Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.

Destaque