Umburanas

9 de janeiro de 2018

Diretoria da Acija entrega carro do Mega Natal no Junco

Uma carreata foi feita nos distritos de Junco e Paraíso

No domingo, 7 de janeiro, a Acija  encerrou no Distrito do Junco,  o MEGA NATAL 2017, a maior premiação do interior da Bahia. Numa manhã ensolarada e festiva, os diretores (as): Neide Vieira, Valnei Fonseca, Walter Ramos, Evaldo, Antonio Jeremias, Roberto Augusto, o gerente João Batista e o presidente Artur Teixeir saíram em carreata, passaram pelo Distrito de Novo Paraíso, em seguida dirigiram-se para o Junco, mostrando para os jacobinense juquenses,  a importância do projeto MEGA NATAL/2017 para alavancar as vendas de final de ano no município de Jacobina e a importância  para o Empresariado que adquiriu as cotas da campanha e principalmente  a importância dos consumidores terem exigido os seus cupons, à exemplo da senhora Carmindeia Lima Novais que valorizou o comércio participante da promoção, exigiu o bilhete,  preencheu e foi sorteada ganhando um carro completo zero km da marca Volkswagen  UPI – no valor de R$46 mil reais. 

Foi emocionante, a ganhadora agradeceu a Deus por permitir que o seu cupom fosse o sorteado. Por sua vez, o prefeito de Jacobina, Luciano Pinheiro, parabenizou a Acija pelo empreendimento, disse que estava lá no dia do sorteio na Praça Rio Branco, confirmou a lisura  como a entidade procedeu, disse  que a sua empresa, a Locar, também é uma das associadas da Associação com muito orgulho e se disponibilizou para atender as demandas do Distritos.

Fizeram uso da palavra a diretora Neide, tesoureira da Acija e o diretor Evaldo,  parabenizando a ganhadora. O vereador Rone do Junco,  que teceu comentários sobre a importância da ganhadora ser do Junco, falou do apoio da prefeitura, que irá respaldar os projetos destinados aos agricultores pronafianos e da agricultura familiar;  um dos momentos importantes dessa ida da Acija ao Junco, foi a prelação do empresário Edmundo Sena, que teve a coragem de abordar um tema importante para o desenvolvimento da localidade, não só o de resgatar as ações de uma Associação local (atualmente inativa),  em parceria com a Acija, objetivando a renovação de propostas e capacitações no tocante aos seus negócios, mas também de buscar as alternativas à fidelização dos consumidores com o comércio local, evitando a evasão de receitas e objetivando o desenvolvimento e o estimulo a geração de emprego e renda. 

Fechando esse dia festivo e produtivo o presidente da Acija, o Dr. Artur agradeceu a participação de todos, disse que não existe fórmulas prontas e nem milagrosas, que as alternativas para o crescimento e desenvolvimento do Junco, que sonha um dia com a emancipação, terá que sair da conscientização e organização, numa parceria produtiva da população e do empresariado local do comércio e rural;  Teixeira fez um convite e um desafio ao empresariado juquense, para participarem também da Acija, sugerindo que escolhessem um representante para participar não só das reuniões, assim como, que a entidade ficará aguardando ser convidada/convocada para também participar de reunião local, onde demandas deverão ser pontuadas para os devidos encaminhamentos, pois “agora é o momento certo, estamos iniciando um  ano eleitoral, vamos nos preparar para exigirmos compromissos de quem quer que virá em busca de apoio, de votos, nós não podemos deixar que nos enganem mais uma vez, para isso teremos que estar unidos, coesos e fortes nas nossas reinvindicações, não pessoais, mas demandas coletivas, que possibilitarão vivermos melhor” disse o presidente parabenizando a senhora Carmindeia e entregando a chave do carro, dizendo: “Este  carro é seu!!  faça com este bem, o que melhor lhe aprouver”.  Vale registrar que o diretor Walter Ramos coordenou o evento, demonstrando ser habilidoso com o microfone e, fazendo o encerramento, convidou todo o empresariado do Junco a aderirem o Mega Natal 2018, pois será  melhor e mais rico que o de 2017 – desejando a todas e a todos um FELIZ 2018.

SEJA FORTE! SEJA ACIJA.  
       

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.

Destaque