Destaque

Sebrae

Ages

7 de julho de 2017

Dicas Mundo do Saber: Guerra entre irmãos

Brigas são naturais na infância, mas pais devem ensinar a colaboração entre filhos

As brigas entre irmãos são naturais na infância e, normalmente, envolvem ciúme dos pais, disputa por brinquedos ou coisas pequenas e rotineiras, como quem pegou o carrinho de quem. Os adultos, em geral, devem deixar que os filhos acertem as diferenças sozinhos, observando de perto os procedimentos adotados por cada um. 

Somente se a situação sair de controle deve-se intervir. Depois de acalmá-los, esclareça o acontecido e faça com que peçam desculpas um ao outro, para se reaproximarem de novo, como irmãos. Se as discussões são constantes, vale também propor jogos em que possam agir em dupla, reforçando o vínculo de amizade entre eles. 

A chegada de um novo irmãozinho também pode aumentar a tensão. Para evitar este tipo de problema, os pais devem fazer o mais velho participar desde o início da gravidez, enfatizando a alegria do momento, a importância que ele terá como irmão mais velho e o fato de que ele terá um companheiro. Depois que o bebê nascer, deixe-o segurar, ajudar a dar banho, escolher a roupinha e opinar sobre a decoração do quarto. (Portal Delas da IG)

Conheça a Escola Mundo do Saber

A Escola Mundo do Saber completou nove anos preparando crianças para o futuro. Situada à Rua Florisvaldo Barberino, 196 no Bairro Félix Tomaz, a escola conta com professoras graduadas no ensino superior e ensinando do maternal ao 5º ano.

Além da preocupação com a preparação de profissionais, a Mundo do Saber também se preocupa com os valores morais, lecionando sob os Princípios Cristãos, fazendo com que seu filho cresça com bases sólidas. 

Além das disciplinas tradicionais, temos ainda aulas de Inglês, Espanhol, Empreendedorismo, Informática, Música e Artes. 

A Escola Mundo do Saber conta ainda com todas as salas climatizadas e personalizadas, Sala de vídeos e reuniões, parquinho, sala de jogos, reforço escolar, dois professores por sala e Câmeras de Segurança

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.