Destaque

Sebrae

Ages

6 de junho de 2017

Doria tem habilitação suspensa por excesso de infrações

Prefeito informou ao jornal que não estava dirigindo os carros quando foram multados.


O prefeito João Doria (PSDB) não pode dirigir pelas ruas de São Paulo. A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do tucano foi supenas por desrespeito às normas de trânsito, na própria cidade que administra. Doria teve o documento de motorista invalidado entre 13 de janeiro e 12 de março, por ter acumulado mais de 20 pontos em uma série de infrações.

Mesmo que o prazo de punição tenha sido cumprido, o prefeito continua impedido de guiar por não participado do curso obrigatório de reciclagem (de 30 horas). Como destaca da Folha de S.Paulo, a principal delas é excesso de velocidade.

Entre novembro de 2014 e junho de 2015, Doria recebeu cinco multas. Três delas por guiar acima da velocidade permitida (até 20%), inclusive nas marginais Tietê e Pinheiros - que tiveram o limite de velocidade ampliados para 90 km para veículos leves pelo próprio prefeito. A outra infração foi por manobra irregular. Uma delas, no entanto, é considerada grave: avanço de sinal vermelho.

Em nota, a assessoria do prefeito informou ao jornal que não estava dirigindo os carros quando foram multados, "tarefa relegada a condutores profissionais". E que apenas perdeu o prazo para indicar os condutores. 

"As multas aplicadas contra os veículos acabaram assumidas por Doria porque perdeu-se o prazo de 30 dias [sendo 15 dias após a notificação] para que os nomes dos condutores fossem informados ao Detran no prazo regimental. João Doria assumiu os pontos e pagou as multas. Como houve superação do limite de pontuação [mais de 20 pontos], ele entregou sua carteira de motorista ao Detran em 13 de janeiro deste ano", detalha o texto. 

Por Notícias ao Mundo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.