Destaque

Sebrae

Ages

6 de junho de 2017

Austrália reforça segurança para Brasil x Argentina após ataque

Atentado terrorista reivindicado pelo Estado Islâmico em Melbourne ocorreu próximo ao hotel onde os argentinos estão hospedados.


A polícia de Melbourne, na Austrália, reforçou nesta terça-feira a segurança na cidade que receberá o amistoso entre as seleções brasileira e argentina na próxima sexta-feira, depois do ataque terrorista reivindicado pelo Estado Islâmico (EI), que matou duas pessoas na noite de segunda-feira.

O ataque ocorreu em um bloco de apartamentos da cidade, onde Yacqub Khayre, um ex-presidiário em liberdade condicional, de origem somali, assassinou um homem e fez uma mulher refém até ser morto pela polícia. Três policiais ficaram feridos após serem atingidos por tiros disparados pelo radical islâmico, que gritou “Isto é pelo Estado Islâmico, isto é pela Al-Qaeda” durante a ação.

Apenas 11 km separam o bairro de Brighton, onde aconteceu o ataque, do hotel onde a seleção argentina de Lionel Messi está hospedada, fato que causou grande preocupação entre os dirigentes da Associação Argentina de Futebol (AFA). A polícia de Victoria, cuja capital é Melbourne, afirmou que reforçará a segurança das próximas partidas programadas para o Estádio Melbourne Cricket Ground.

A medida procura “garantir uma presença visível policial no local e em seus arredores”, afirmou o porta-voz da Polícia de Victoria, Thomas O’Byrne. “Esta presença incluirá o uso de recursos especializados da Polícia.” Os torcedores passarão por detectores de metal e inspeções físicas de seus pertences.

O Brasil encara a Argentina na sexta-feira, às 7h (horário de Brasília). Para se adaptar ao fuso horário australiano (13 horas a mais), os jogadores da seleção brasileira passearam por Melbourne na manhã desta terça-feira.

Por Veja 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.