Destaque

3 de maio de 2017

Sindicatos rejeitam acordo e greve dos Correios continua na Bahia

Na Bahia os funcionários permanecem em greve por tempo indeterminado


Os funcionários dos Correios rejeitaram a nova proposta feita pelo presidente da estatal Guilherme Campos com o objetivo de findar a paralisação na empresa, iniciada no último dia 27.

Na Bahia, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos, Josué Canto, disse que os funcionários permanecem em greve por tempo indeterminado e que uma nova manifestação acontecerá nesta quarta-feira, a partir das 8h, na sede dos Correios, na Pituba.

Para quem está preocupado com as cobranças que não chegam, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor reforça que a paralisação não isenta o pagamento de boletos dentro do prazo de vencimento, mesmo que este não tenha sido entregue.

Para não se surpreender com juros e multas decorrentes de atrasos, o consumidor deve observar a época em que as cobranças costumam chegar e entrar em  contato com a empresa, solicitando uma segunda via do pagamento ou que sejam disponibilizadas outras formas para quitar a fatura.

Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.