Destaque

23 de maio de 2017

Segurança para final da Champions será reforçada após atentado

Partida entre Real Madrid e Juventus está marcada para o dia 3 de junho em Cardiff, no País da Gales.


O atentado terrorista que deixou 22 pessoas mortas e 59 feridas na noite desta segunda-feira (22), em Manchester, na Inglaterra, fez com que a polícia do País de Gales e a Inteligência Britânica ampliassem a segurança em Cardiff, local que receberá no próximo dia 3 de junho a final da Champions League, que será disputada entre Real Madrid e Juventus.

A UEFA emitiu um comunicado nesta terça-feira (23) em solidariedade aos familiares das vítimas do ataque na Manchester Arena e também para informar que a final da Liga da Europa, marcada para esta quarta-feira (24) e que tem Manchester United e Ajax na disputa, vai acontecer.

"Estamos chocados com o ataque em Manchester e nossos pensamentos estão com as vítimas e as famílias dos afetados. (...) Não há nenhuma inteligência para sugerir que qualquer das atividades do final da Liga Europa, em Estocolmo, possa ser alvo de ataques", diz o texto, segundo o jornal espanhol “AS”.

Para o jogo em Cardiff, um novo sistema de reconhecimento facial será instalado e o estádio será fechado para evitar ataques aéreos. Além disso, o público deve passar por vários check-points de segurança para entrar no local que será palco da Liga dos Campeões da Europa.

Fora do estádio, a Polícia de Gales terá reforços. A expectativa é que a cidade de Cardiff receba aproximadamente 40.000 torcedores das duas equipes. Entretanto, o número de visitantes na capital galesa deve ficar perto de 200 mil.

Por Notícias ao Minuto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.