Destaque

24 de maio de 2017

Risco de câncer de mama cresce com apenas uma dose de bebida alcoólica por dia, diz instituto dos EUA

Revisão 119 estudos, somando dados de 12 milhões de mulheres e 260 mil casos da câncer de mama.


Um copo de vinho todos os dias, ou de qualquer outra bebida com mais de 10 gramas de álcool, aumenta o risco de ter câncer de mama pré e pós-menopausa em 5% e 9%, respectivamente, de acordo com relatório do Instituto Americano para Pesquisas do Câncer (AICR) e do Fundo Mundial de Pesquisas do Câncer (WCRF).

A revisão informou que o exercício de alta intensidade, como correr ou andar de bicicleta com uma velocidade alta, diminui o risco do câncer de mama pré-menopausa em 17% e em 10% no pós.

"Com este relatório abrangente e atualizado, a evidência é clara: ter um estilo de vida fisicamente ativo, manter um peso saudável e limitar o álcool são passos que as mulheres devem tomar para reduzir o risco do câncer", disse Anne McTiernan, autora principal do relatório.

O texto analisou 119 estudos, somando dados de 12 milhões de mulheres e 260 mil casos da câncer de mama. Veja outros fatores apontados pelo levantamento como risco para o câncer de mama:

- Estar acima do peso aumenta o risco de ter câncer de mama pós-menopausa, tipo mais comum

- Mães que amamentaram têm menos risco de contrair o tumor no seio

- Maior ganho de peso durante a vida adulta aumenta a chance de câncer

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, com mais de 252 mil casos por ano. O instituto americano afirma que um em cada três casos poderiam ser evitados com limitação do uso de álcool, atividades físicas e peso saudável.

Por G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.