Destaque

Sebrae

Ages

4 de maio de 2017

Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth, deixa a vida pública

Duque de Edimburgo deixará compromissos oficiais a partir do outono europeu.


O Duque de Edimburgo, Príncipe Philip, deixará de participar de compromissos oficiais a partir do outono europeu, anunciou nesta quinta-feira o Palácio de Buckingham. Sua mulher, a Rainha Elizabeth II, continuará com sua atividade normalmente, segundo o comunicado.

De acordo com nota do palácio, a decisão foi feita pelo próprio príncipe e tem “completo apoio” da rainha. O Duque, que completa 96 anos em junho, vai comparecer aos eventos pré-agendados até agosto, mas não aceitará novos convites a partir de então.

Já a monarca “continuará a realizar o programa completo de compromissos oficiais”, anunciou o palácio em nota. “O Duque de Edimburgo é patrono, presidente ou membro de mais de 780 organizações, com as quais continuará associado, apesar de não ter mais um papel ativo comparecendo a eventos”, aponta o comunicado. Veja aqui o comunicado

Mesmo com idade avançada, Philip tem uma agenda cheia. Segundo o palácio, ele compareceu a 22.191 compromissos individuais desde 1952 e teve reuniões e visitas oficiais em 110 dias de 2016.

Apreensão

Funcionários da realeza em propriedades por toda a Grã Bretanha foram convocados na madrugada desta quinta-feira para uma reunião no Palácio de Buckingham, em Londres, pela manhã. O anúncio em um horário incomum deixou a imprensa inglesa em alerta e virou motivo de especulação nas redes sociais durante a noite. Apesar de o duque e a rainha terem comparecido a eventos sociais na quarta-feira, surgiram preocupações sobre a saúde do casal quando os serventes comentaram que convocações abruptas não era usuais. O tabloide The Sun chegou a noticiar por engano a morte de Philip, com a publicação de um texto claramente inacabado.


Por Veja 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.