Destaque

2 de maio de 2017

Ainda dá tempo: ganhe um dinheiro extra com o Dia das Mães

O tempo é curto e por isso o ideal é pensar em algo que já domine e correr para comprar a matéria-prima ou preparar o serviço. Outra opção é comprar para revender.


A duas semanas do Dia das Mães, segunda melhor data para as vendas do comércio, quem está em busca de uma renda extra ainda pode se planejar e empreender. Como o tempo é curto, caso queira produzir, o ideal é que se pense em algo que já domine - pois não há tempo para capacitação - e correr para comprar a matéria-prima ou preparar o serviço. Outra opção é comprar para revender.

Liliane Alves montou a ChocoLillis há quatro anos e aproveita datas comemorativas como o Dia das Mães para faturar até 250% a mais do que nos demais meses do ano. O serviço oferecido por ela vai desde cesta de café da manhã até doces finos, tudo feito a partir das suas habilidades e dentro da própria casa. “Faço desde o produto até a embalagem e penso de acordo com a época. Agora estou preparando cesta com sequilhos, iogurte, bolo, pãozinho, já pensando no café da manhã para as mães”, diz.


Para quem ainda está na dúvida do que investir, uma ferramenta gratuita que pode auxiliar é o Planejador de palavras-chaves do Google AdWord. Fabio Nascimento, diretor da Hub Online Marketing na Internet, diz que pela plataforma é possível descobrir o que as pessoas estão buscando em determinada região por um período de tempo. “Posso pesquisar ‘entrega de flores para o Dia das Mães’. Se eu identificar que existe de mil a dez mil buscas, sei que é uma oportunidade”, diz. 

Porém, critérios devem ser utilizados para colocar o plano em ação, como o cliente, as aptidões do empreendedor e a verba. Para Tatiany Carvalho, especialista em relações públicas, é válido ouvir os amigos e familiares. “Eles podem indicar, de acordo com o talento da pessoa, onde é possível investir”, diz.


Em relação ao dinheiro, José Nilo Meira, gerente da unidade de acesso a mercado do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) na Bahia, diz que caso a verba esteja curta, é válido tentar se financiar com fornecedores. “É possível negociar para pagar com 30 dias. Produz, vende e já paga a dívida”, diz.

Divulgação

Para quem quer começar do zero, há pouco tempo para se pensar em uma marca e fazer a publicidade do produto ou serviço. De acordo com Fabio, da Hub Online, “em vez de se preocupar em fazer uma grande campanha e imprimir materiais para divulgação, por exemplo,  a primeira coisa é testar na internet, já que o risco é pequeno”. Ele indica que o empreendedor crie uma plataforma própria ou landing page (página com formulário de conversão) e anuncie no Google. “Se não há muito dinheiro, é válido ligar para a multinacional e pedir um cupom para teste”.

Segundo Tatiany, vender entre pessoas conhecidas é a melhor opção para os que estão começando. “Eles podem testar o produto ou serviço, dar o feedback e ainda recomendar para outras pessoas”. Ela ainda indica que as redes sociais sejam usadas para a divulgação. “Para quem não tem habilidade com a rede, vale ser objetivo. É interessante que imagens que dialoguem com a temática sejam associadas à postagem e o português seja  correto”, completa. Na própria linha do tempo do Facebook ou em comunidades voltadas para vendas é possível atrair novos clientes. 

Em que você pode investir

Comida Seja uma cesta de café da manhã ou uma caixa com bombons, as comidas são uma boa pedida. Tenha atenção porque é mais difícil vender para desconhecidos. Portanto, capriche na higiene e na apresentação.

Flores  Comprar flores e fazer um buquê ou arranjo decorativo são opções. É preciso ter certa habilidade tanto na organização das flores quanto na embalagem.

Roupa  Se o filho for uma criança, está em alta as roupas iguais para mãe e filho. Camisas com estampas feitas especialmente para o Dia das Mães também podem agradar. Nesse caso, se não dominar a costura pode comprar para revender.

Higiene pessoal  Perfumes, loções, cremes. É possível revender tanto o produto unitário quanto criar uma cesta com diferentes opções.

Para mãe com bebê Grupos voltados para as recém-mamães em redes sociais dão boas dicas do que está em alta. Um exemplo fácil de fazer são os slings ou cangurus, acessório para segurar os bebês junto ao corpo da mãe.

Maryanna Nascimento - Rede Bahia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.