Destaque

Sebrae

Ages

27 de abril de 2017

Uber faz parceria com Embraer e promete táxis aéreos para 2020

Carros voadores terão pilotos na estreia do serviço chamado Uber Elevate, mas serão autônomos no futuro.


São Paulo — A Uber busca maneiras criativas de melhorar o transporte. Há algum tempo, investe na criação de carros sem motoristas, que estão em fase de testes. Nesta semana, a empresa do Vale do Silício apresentou uma visão de futuro mais ousada: um serviço de táxis aéreos. Para isso, fechou parceria com empresas internacionais e também com a Embraer (Embraer Empresa Brasileira de Aeronáutica). A meta é desenvolver esse novo meio de transporte e submetê-lo a testes em 2020, ou seja, em três anos.

O plano, que parece tirado de livros de ficção científica, envolve a Embraer para auxiliar na implantação da tecnologia de veículos voadores. O projeto será desenvolvido pelo Centro de Inovação de Negócios da entidade.

“No exercício dessa parceria, vamos desenvolver novas tecnologias, novos produtos e novos modelos de negócios que podem gerar oportunidades para a Embraer no futuro”, afirma, em nota, Paulo Cesar de Souza e Silva, presidente-executivo da Embraer.

Os primeiros testes do serviço chamado Uber Elevate devem acontecer em Dallas, nos EUA, e em Dubai, nos Emirados Árabes, segundo o jornal Financial Times (paywall).


A Uber fez também uma aliança com a Aurora Flight Sciences, empresa de pesquisa sobre aviação e aeronáutica. Ambas as companhias apresentaram nesta semana o projeto de táxis aéreos baseados na aeronave chamada X-Plane (XV-24A), que fez testes no começo de março deste ano.

De acordo com o Business Insider, Jeff Holden, gerente de produtos da Uber, informou que as aeronaves farão sua estreia em 2020, com pilotos humanos no comando, mas chegarão à plena autonomia mais adiante. A decolagem desses táxis aéreos seria vertical e o plano é que eles sejam até duas vezes mais rápidos do que os helicópteros atuais.

“Aviação urbana é um próximo passo natural da Uber. Queremos transformar o conceito de ‘apertar de um botão para pegar um voo’ em realidade”, afirmou  Holden, durante o anúncio da novidade, em evento realizado Dallas, no Texas, nesta semana.

A Uber contratou Mark Moore, ex-Nasa, em fevereiro deste ano, para ficar à frente do projeto.

O serviço Uber Elevate deve estar disponível para usuários em 2023.

Por Lucas Agrela/exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.