Destaque

28 de abril de 2017

Trump: ‘Grande conflito’ com a Coreia do Norte é possível

Americano admitiu que tensão na península pode resultar em enfrentamento, mas destacou que solução diplomática seria a melhor saída: ''Mas é muito difícil'' 


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira em entrevista à agência de notícias Reuters que é possível que as tensões entre o país e a Coreia do Norte resultem em conflito.

“Há uma chance de acabarmos tendo um grande, grande conflito com a Coreia do Norte. Com certeza”, afirmou Trump à Reuters em conversa no Salão Oval da Casa Branca. O presidente americano, contudo, ressaltou que uma solução diplomática para a crise seria preferível. “Eu adoraria resolver as coisas diplomaticamente, mas é muito difícil.”

A menção de Trump a um “grande conflito” com a Coreia do Norte surpreende porque nesta semana, apesar das crescentes hostilidades na Península, o governo do republicano indicou que buscaria isolar o regime de Kim Jong-un com pressões econômicas e diplomáticas, principalmente a partir de sanções na ONU.

A escalada de tensões entre EUA e Coreia do Norte nas últimas semanas incluiu as constantes bravatas do ditador norte-coreano, um teste fracassado de míssil de Pyongyang e o envio de um porta-aviões e um submarino nuclear da Marinha americana para a região. Os EUA também realizam exercícios conjuntos com a Coreia do Sul e prometem instalar em breve um sistema de defesa antimísseis. Em resposta, Kim Jong-un garantiu que pode atacar Seul e Washington sem aviso prévio.

Xi Jinping e Kim Jong-Un

Na entrevista à Reuters, Trump afirmou que a Coreia do Norte é seu maior desafio no âmbito internacional e elogiou o comportamento do presidente da China, Xi Jinping, durante a crise. “Eu acredito que ele está se esforçando. Ele não quer ver caos e morte. É um bom homem.”

Perguntado se considerava Kim Jong-un racional, o líder americano disse que “espera que ele seja”, e até se mostrou compreensivo com o ditador. “Ele tem 27 anos. O pai dele morre, ele assume um regime. Então diga o que quiser, mas não é fácil, principalmente nessa idade”, afirmou.

Por Veja 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.