Destaque

20 de março de 2017

Terapia com cães ajuda no tratamento de crianças no HRBA em Santarém

Projeto “Pet Terapia” é inovador e tem apresentado excelentes resultados. Terapia com cães ajuda no tratamento de várias doenças, entre elas, o câncer.


A visita de cães, a carinho, amor e o afeto oferecido por eles tem transformado a realidade e o dia a dia de muitas crianças internadas no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, oeste do Pará. É que um projeto utiliza os animais para ajudar os pacientes que estão internados na clínica pediátrica no tratamento de várias doenças, entre elas o câncer. O “Pet terapia” ou “terapia com animais” tem apresentado excelentes resultados, segundo os médicos.

Os cães Severino e Genoveva são os “terapeutas” mais requisitados pelas crianças. O dia de sessão é aguardado com muita ansiedade por elas, que ao contrário da maioria, torcem para que a hora não passe e a terapia não acabe logo. Severino e Genoveva integram o projeto que é desenvolvido em parceria com o curso de medicina veterinária de uma faculdade de Santarém. O projeto é inovador para a região oeste do estado.

Há seis meses, Najla de Oliveira acompanha o filho de seis anos que está em tratamento contra leucemia no HRBA. Ela diz que aprova a iniciativa oferecida as crianças. “Essa terapia com os animais tem ajudado o meu filho a encarar melhor o tratamento, porque ele passa muito tempo aqui dentro. Quando chegam os cachorros ele fica numa alegria só, acho que porque ele se lembra de um pouco de casa”, afirma.

No projeto, os pacientes passam primeiro por uma avaliação médica para verificar a possibilidade de receber a visita dos cães. Segundo o hospital, as contraindicações são mínimas. “É uma forma de trazer alegria e bem-estar aos internos. Só de mudar a rotina das crianças já ajuda, e muito, na resposta clínica. O contato com os animais estimula a produção de hormônios que melhoram a imunidade deles e contribui para o bom desempenho da terapêutica”, explica a pediatra Karolline de Sousa.



Durante uma sessão, os pacientes liberam substâncias como a dopamina, responsável pelo prazer, e endorfina, que proporciona sensação de bem-estar. Além disso, a “Pet Terapia” promove ganhos emocionais e de interação social. “Esse projeto proporciona às crianças internadas um momento de descontração. E como elas passam por longos períodos de internação, a dinâmica com os animais acaba ajudando a amenizar essa frieza do ambiente hospitalar e melhora a autoestima delas”, diz a psicóloga Luciana Sampaio.

Os animais são treinados e recebem todos os cuidados de higiene e saúde antes de interagir com as crianças. A primeira sessão do projeto “Pet Terapia” foi realizada em 2016. Essa é mais uma iniciativa inovadora do HRBA - unidade pública de saúde, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) - que permite aliar melhorias aos tratamentos convencionais e humanizar o ambiente hospitalar.

Do G1 Santarém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.