Destaque

24 de março de 2017

Polícia prende mais 2 suspeitos de ligação com ataque em Londres

Autor do ataque que matou quatro pessoas e foi morto em seguida chamava-se Adrian, mas mudou seu nome para Khalid Masood.


A polícia britânica informou nesta sexta-feira ter realizado mais duas prisões de acusados de participação no ataque ao Parlamento britânico em Londres, e disse que o nome de nascimento do autor do ataque é Adrian Russell Ajao — após se converter ao islamismo, o britânico passou a se chamar Khalid Masood.

“Nossa investigação foca em entender suas motivações, sua operação e seus cúmplices”, disse o chefe de combate ao terrorismo da polícia britânica, Mark Rowley. “Enquanto ainda não há provas de ameaças futuras, vocês entenderão nossa determinação em descobrir se ele agiu totalmente sozinho, talvez inspirado por propaganda terrorista, ou se outros o incentivaram, o apoiaram ou o direcionaram”, acrescentou.

Rowley disse ainda que a polícia realizou duas prisões “significativas” durante a noite, uma na região de West Midlands e outra no Noroeste do país. “Agora nós temos nove pessoas que permanecem sob custódia, e uma mulher foi solta sob pagamento de fiança”, afirmou.

Rowley disse que o agressor, que atropelou pedestres ao atravessar a Ponte de Westminster com um carro em alto velocidade e depois atacou um policial desarmado com facadas, antes de ser morto a tiros pela polícia, matou quatro pessoas e feriu 50.

Dois feridos permanecem em estado grave, e um ainda corre risco de vida.

Por Da redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.