Destaque

9 de março de 2017

Bomba da 2ª Guerra força a evacuação de milhares na Alemanha

Artefato foi descoberto na noite da quarta-feira em Düsseldorf-Rath, região norte da cidade. Desarmamento foi suspenso até o fim da retirada de civis.


São Paulo – A descoberta de uma bomba da Segunda Guerra Mundial em um distrito de Düsseldorf, cidade alemã que fica a cerca de 600 quilômetros da capital Berlim, forçou a evacuação de ao menos 8 mil pessoas, segundo informado por veículos de imprensa locais como o jornal Rheinische Post e a rede de notícias Deutsche Welle.

A bomba foi encontrada na noite da última quarta-feira (08) em Düsseldorf-Rath, região norte da cidade. Os cidadãos foram prontamente avisados sobre a situação por autoridades via Twitter e uma zona de segurança de um quilômetro foi estabelecida em torno do local. Nesta manhã, várias ruas e estradas ainda se encontravam fechadas.

De acordo com informações da prefeitura, o explosivo é de origem britânica e o seu desarmamento se iniciaria às 13 horas (horário local), mas foi suspenso, já que a evacuação de civis ainda não está completa. A situação é considerada perigosa, alertaram os bombeiros, uma vez que esse artefato pode explodir a qualquer momento durante o processo.

Bombas não detonadas

A Segunda Guerra Mundial acabou há mais de 70 anos, no entanto, é comum a descoberta desses artefatos Alemanha afora, resultado dos bombardeios intensos que o país sofreu entre os anos de conflito. Em Berlim, por exemplo, estima-se que ao menos 3 mil bombas estejam ocultas no subsolo da cidade.

Em 25 de dezembro de 2016, 54 mil pessoas foram evacuadas em Augsburg, sul da Alemanha, depois que um explosivo britânico foi encontrado. Na ocasião, 900 oficiais estiveram envolvidos no processo de retirada de civis. O artefato tinha 18 toneladas.

Por Gabriela Ruic/Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.