Destaque

Sebrae

Ages

14 de janeiro de 2017

Audiência Pública é promovida pela Universidade Ages em Jacobina

Na noite desta sexta-feira, 13, ocorreu no auditório do Comuja a primeira audiência pública, promovida pelo Centro Universitário Ages, com o intuito de trazer para a sociedade informações sobre o campus Jacobina. O evento foi presidido pelo diretor geral, o Prof. José Wilson dos Santos, e com ele, compuseram a mesa (em ordem da foto): o presidente da Câmara de vereadores, Noelson Oliveira, o diretor do Comuja, Carlos Sinfronio, o aspirante a Oficial da PM Adriel Bani, o ex-prefeito Rui Macedo, o prefeito de Jacobina Luciano Pinheiro, o vice-prefeito, Cleriston Alves, a ex-prefeita Valdice Castro e o ex-prefeito Leopoldo Passos. Convidados, também estavam no palco os vereadores e secretários de Jacobina além de prefeitos e representantes das cidades vizinhas.

Entre os temas debatidos, se destacaram os questionamentos: o que esperamos de Jacobina para os próximos 5, 10 e 15 anos? o que a sociedade jacobinense espera da Faculdade Ages? Porém a informação mais esperada pelos presentes e que vem surgindo em todas as rodas de conversas, são as oportunidades que serão dadas aos moradores da cidade e da região, pois por se tratar de uma universidade particular, dificultaria a entrada de estudantes das classes menos favorecidas. De acordo com José Wilson, 5 bolsas integrais serão disponibilizadas a cada semestre para os melhores alunos da rede pública, além de um financiamento próprio, onde o aluno só começará a pagar após concluir a faculdade e iniciar em seu primeiro emprego - oportunidade essa, dada aos que não conseguirem por meio do Fieis (Programa de Financiamento Estudantil do Ministério da Educação).

O investimento anunciado será na casa dos R$ 35 milhões, gerando contratação da mão de obra local na construção do campus. Os primeiros alunos entrarão via Enem e as aulas já terão início neste ano, sendo necessário o aluguel de um imóvel para as primeiras turmas até a conclusão do polo. A faculdade será erguida às margens da BR 324, próximo ao Bairro Mutirão. Ela chega para atender a região de Jacobina após diversas lutas travadas pela sociedade civil organizada e prefeitura municipal e é vista como um dos principais responsáveis pelo crescimento esperado para a cidade em 2017. Os cursos oferecidos inicialmente, além de Medicina, serão: Administração, Psicologia, Engenharia Civil, Pedagogia e Educação Física (licenciatura). 

Igor Fagner - Rota 324


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.