Destaque

16 de janeiro de 2017

Acija reivindica celeridade da nomeação do Secretário de Agricultura

A Associação Comercial e Industrial de Jacobina - Acija, preocupada com a demora na nomeação do secretário municipal de Agricultura, encaminhou ao Prefeito de Jacobina, Sr. Luciano Pinheiro, expediente no intuito de  agilizar o preenchimento do cargo, uma vez que esta pasta é de fundamental importância no apoio e direcionamento das atividades da agricultura e pecuária. Confira na íntegra o ofício entregue ao gestor:

Exmo. Sr. Luciano Antônio Pinheiro - M.D. Prefeito do Município de Jacobina.

A matéria estampada no semanário - Tribuna Regional no dia 03 de dezembro de 2016, trouxe inquietação e preocupação à Classe Produtora – lá estava escrito “e a de Agricultura não terá nenhum titular neste início de governo” motivo pelo qual através deste vimos registrar também a nossa preocupação, lembrando-o da vossa experiência profissional na instituição Banco do Nordeste; portanto és sabedor que as atividades primárias, agricultura e pecuária, são importantes pilares da nossa economia, e devem ser incentivadas, priorizadas e deverão ser tocadas com profissionalismo, com responsabilidade social por todos, principalmente pelos Gestores.

Só assim, senhor prefeito, tornaremos o nosso município semiárido, viável economicamente e liberto da “indústria da seca” que beneficia poucos, corrompe, nos envergonha e nos humilha.

Desta forma, a Associação Comercial e Industrial de Jacobina – Acija- vem mui respeitosamente e em defesa da Classe Produtora, solicitar que o digníssimo prefeito, priorize também a Secretaria de Agricultura e Pecuária (com Assistência Técnica) iniciando com a nomeação de um profissional da área, reto e competente no segmento.

Tenha a certeza que nós da ACIJA, seremos “assessores” voluntários para o engrandecimento do nosso Município.

Atenciosamente,

Artur Teixeira Pereira - Presidente
Dermeval Lopes Vilas Boas Junior - Vice – Presidente
Roberto Jacobina Vieira - Diretor Secretário

Da assessoria da Acija

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.