Destaque

27 de outubro de 2016

INSS suspende benefício de idosa alegando que a aposentada já morreu

Aposentada de quase 90 anos está há seis meses sem receber o benefício

E do Pará vem um outro absurdo. Uma aposentada de quase 90 anos não recebe o benefício da Previdência há seis meses porque o INSS diz que ela é suspeita de estar morta. Só que ela está muito viva.

Dona Maria de Lourdes já não aguenta mais ter que ir à agência do INSS em Belém para provar que está viva. Foram 10 cansativas vezes e até agora ela não recebeu o pagamento da aposentadoria que está atrasado desde maio deste ano.

Dona Maria de Lourdes tem 88 anos, é cearense, uma senhora bastante ativa, O problema é que há seis meses não recebe aposentadoria. Um documento do INSS justifica que o benefício está suspenso por suspeita de óbito.

Sem o dinheiro da aposentadoria, ela está com dificuldades para comprar os remédios para o diabetes e a hipertensão. O INSS informou em nota que o benefício está suspenso porque o nome e todos os dados cadastrais da aposentada aparecem no sistema de informações de óbito do Ministério da Saúde.

A situação da idosa só não está pior porque a família para quem ela trabalhou durante anos como doméstica resolveu ajudar. A Polícia Federal está tentando entender o que aconteceu com a aposentadoria da idosa e investiga se ela foi vítima de alguma fraude.

Agora a Dona Lourdes vai ter que ir do Pará até o Ceará para comprovar no cartório da cidade onde nasceu que continua viva. Mas sem dinheiro, ela está angustiada. 

Informações do Bom Dia Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.