Umburanas

8 de julho de 2016

PF investiga compra de gado com dinheiro público em Mirangaba e Campo Formoso

De acordo com a PF, a operação "Misore" é mais um desdobramento da "Águia de Haia"

Uma operação da Polícia Federal (PF), deflagrada na manhã desta sexta-feira, 8, cumpre 17 mandados de busca e apreensão nos municípios baianos de Mirangaba (a 369 km de Salvador) e Campo Formoso (a 404 km de Salvador). O objetivo é apreender provas da ocultação de desvio de dinheiro público que, supostamente, foram utilizados para a aquisição de gado e de propriedades rurais.

De acordo com a PF, a operação "Misore" é mais um desdobramento da "Águia de Haia", realizada em julho de 2015, que descobriu um esquema criminoso de desvio de recursos públicos em várias prefeituras do estado.

Até o momento, já se comprovou, por meio de perícia contábil, um prejuízo de quase de R$ 300 mil aos cofres do município de Mirangaba. Esse número ainda pode chegar a quase R$ 800 mil, conforme apontam as investigações da PF.

Do total, 14 mandados estão sendo cumpridos em fazendas da região.

O termo Misore faz referência a uma raça de gado e foi utilizado para batizar a operação em razão da utilização da atividade pecuária como forma de lavagem de dinheiro. As informações são do A Tarde com foto de Luiz Tito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.

Destaque