Destaque

Umburanas

25 de julho de 2016

Dilma diz que não irá aos Jogos em posição secundária

Por Valéria Bretas

A presidente afastada Dilma Rousseff (PT) afirmou que não participará da Olímpiada em uma posição secundária. Segundo ela, os “jogos são fruto de um grande trabalho do ex-presidente Lula” e de seu governo. 

À Rádio França Internacional (RFI), Dilma falou nesta segunda-feira (25) que o Rio está preparado para receber o evento e acredita que o país tem "a melhor segurança possível" para controlar possíveis ataques terroristas. 

“No caso da Olimpíada, o Brasil manteve contato com todas as unidades de inteligência dos principais países do mundo com experiência nessa questão. Temos a melhor segurança possível”, disse Dilma Rousseff à RFI. “Não temos conflitos étnicos aqui, não temos conflitos religiosos, o clima é melhor”.

Questionada sobre o surto de Zika no país, a presidente afastada diz que essa questão não deve criar constrangimentos no que tange o comparecimento das pessoas.

A presidente afastada recorda que a própria Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que há um risco muito baixo de uma proliferação do vírus devido aos Jogos. 

Impeachment

Faltando cerca de um mês para decisão final sobre o impeachment ou não da presidente afastada, a RFI questionou a petista sobre quais seriam suas primeiras medidas se voltasse ao exercício da Presidência.

Em crítica, ela diz que o governo interino está definindo projetos radicalmente opostos ao programa pelo qual foi eleita. 

“Há muita coisa a ser feita”, afirma. “A crise econômica dentro do Brasil só tomou essa proporção por causa da crise política”. Informações do portal Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Rota 324 não se responsabiliza pelos comentários aqui expostos.