Destaque

Dinas

Dinas

24 de março de 2017

Dicas Mundo do Saber: 8 maneiras de estimular o amor e respeito entre os irmãos

A relação entre os irmãos, o respeito e a cumplicidade ajudam a criança a se descobrir e aprender a viver em sociedade

1. ENSINE SEU FILHO A DIVIDIR E RESPEITAR AS DIFERENÇAS

De acordo com a psicóloga e psicoterapeuta Karen Scavacini, o relacionamento entre irmãos serve como aprendizado sobre as conexões sociais que se estabelecerão no futuro, fora do círculo familiar. "Juntos, os irmãos podem aprender sobre fraternidade, companheirismo, amizade, amor, respeito, limites e, principalmente, diferenças".

2. ELOGIE OS FILHOS POR IGUAL

Incentive a admiração mútua, elogiando seus filhos igualmente. Não tenha medo de repetir o quanto vocês sentem orgulho em ser pais deles.

3. CRIE SITUAÇÕES PARA QUE OS IRMÃOS SE APROXIMEM

Programas em família ajudam a unir pais e filhos. "Um piquenique, passeio de bicicleta e até um dia de "chef" em casa podem ajudar a aproximar os irmãos", explica a psicóloga Mariana Zacharias. Estimule as crianças a se divertirem juntos.

4. NÃO FALE MAL DE UM PARA O OUTRO

Carta Aberta aos deputados federais é emitida por instituições de Jacobina

Em defesa dos trabalhadores e contra a PEC287/2016.

Os senhores e as senhoras deputados (as) foram eleitos por nossa gente para defender e preservar as conquistas inscritas na Constituição de 1988 e os direitos democráticos, sociais dos brasileiros.

Nós, trabalhadores e trabalhadoras, acreditamos que a proposta de Emenda à Constituição (PEC 287/2016) apresentada pelo governo de Michel Temer mudará drasticamente a vida do trabalhador brasileiro. Visto que teremos que contribuir sem ter a garantia que iremos alcançar à tão sonhada aposentadoria.

Considerando a rotatividade de mão de obra, o desemprego em idade avançada, a informalidade e terceirização; são fatores que dificultam a futura aposentadoria dos comerciários, professores, trabalhadores rurais, mineiros, Servidores públicos, pessoas com deficiência e pensionistas. Sendo que grande parcela dos trabalhadores e trabalhadoras terão seus direitos previdenciários restringidos.

Considerando que dados revelado pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (ANFIP), o que fica evidente é que as questões relativas à Previdência Social não estão sendo tratada de forma séria pelo governo. É sabido que existem fatores que exigirão adaptações do sistema previdenciário e que devem ser discutidos pela sociedade, como por exemplo, o aumento da expectativa de vida da população brasileira.

Entretanto, o que se apresenta agora não é um debate através de dados reais e análises aprofundadas na questão. Pelo contrário: o governo resolveu adotar opção mais simples, que é a de penalizar a classe trabalhadora aumentando o tempo para aposentadoria e reduzindo o valor dos benefícios.

Por isso, nós trabalhadores e trabalhadoras esperamos dos nobres deputados e deputadas federais que foram eleitos pelo voto soberano do povo, que votem contra a Proposta de Emenda à Constituição ( PEC 287/2016).

Sendo só para o momento, subscrevemos.

Curso de Atendimento ao Cliente - Vagas limitadas


Por que algumas pessoas voltam a engordar após a cirurgia bariátrica?

Boa parte dos pacientes estabilizados e "liberados" para realizar a cirurgia, abandonam o tratamento psiquiátrico precocemente, o que faz com que os sintomas voltem.

Mais de 30 milhões de brasileiros são obesos e o sonho de muitos é conseguir comer menos. Uma alternativa para o prato ficar mais leve é o balão gástrico que ocupa parte do estômago, mas o cirurgião bariátrico Doutor Caetano Marchesini explica que a operação é apenas uma parte do processo.

E com a ajuda do psiquiatra Alexandre Pinto de Azevedo, o Bem Estar desta sexta-feira (24) explica porque algumas pessoas fazem a bariátrica e engordam tudo de novo.

Saiba mais

Todo processo de emagrecimento rápido gera deficiências nutricionais por causa da baixa ingestão de calorias. No caso da cirurgia bariátrica, além da perda rápida de peso, a absorção das vitaminas é ainda mais prejudicada por causa da redução do estômago e do desvio do intestino.

O mecanismo de absorção dos nutrientes acontece assim:

Cada parte do intestino absorve um tipo de vitamina. Quando o duodeno e o intestino delgado são desviados (técnica Baypass), as vitaminas que mais se perdem são o ferro e o cálcio. Já no estômago, a redução do tamanho afeta a absorção pela área reduzida e pela diminuição da produção de uma enzima responsável pela absorção da vitamina B12.

Pesquisadores testam na Espanha alternativa não tóxica à quimioterapia contra o câncer

Pesquisadores usaram, em experimento in vitro, nanocápsulas inteligentes capazes de reconhecer e aplicar diretamente o fármaco nas células tumorais.


Pesquisadores da Universidade de Salamanca, na Espanha, testaram com sucesso em um experimento in vitro uma alternativa não tóxica à quimioterapia no combate ao câncer através do uso de nanocápsulas inteligentes capazes de reconhecer e aplicar diretamente o fármaco nas células tumorais.

A equipe científica dirigida pela catedrática em Engenharia Química Eva Martín del Valle tenta modificar a quimioterapia convencional, especificamente no combate ao câncer de pulmão.

Seu experimento consiste no desenvolvimento de um aerossol que funcione como um inalador convencional e inclua um meio inteligente capaz de reconhecer somente as células tumorais, minimize os efeitos tóxicos e não gere nenhum tipo de reação adversa ao entrar em contato com o tecido pulmonar.

O aerossol oferecerá, além disso, autonomia ao paciente em relação à administração de um ciclo convencional de medicamentos, explicou nesta quarta-feira (22) a cientista espanhola em comunicado.

"O que estamos tentando é abolir a dependência do paciente que passa duas horas em uma sala, submetido a tratamento, enquanto está recebendo a quimioterapia", afirmou Martín del Valle no comunicado.